Um Show de Mulher

Cantoras soltam as vozes no Dia Internacional da Mulher e emocionam público do Teatro Vitória

O Dia Internacional da Mulher, comemorado ontem, em Limeira, foi marcado pela apresentação de dez cantoras e bandas, dentro da programação do evento Um Show de Mulher, assinado pela Prefeitura de Limeira, por meio da Secretaria de Cultura. O espetáculo, bastante eclético no ponto de vista dos gêneros musicais, reuniu cerca de 500 pessoas. Participaram da abertura o prefeito Mário Botion, a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Roberta Franceschi Botion e o secretário de cultura, José Farid Zaine. “Foi uma homenagem muito significativa às mulheres que, cada vez mais, cumprem um papel importante na nossa sociedade, com a luta incessante pelo seu empoderamento”, declarou Botion.

A primeira-dama parabenizou as cantoras participantes, bem como as mulheres que estavam na plateia do Teatro Vitória. Ela também reforçou a importância do empoderamento da mulher na sociedade. “Embora todo dia seja o Dia da Mulher, quero, especialmente hoje, parabenizar todas as mulheres, as que são donas de casa, as que trabalham fora, as que fazem papel de pai e de mãe, as que fazem tudo isso. O lugar de mulher é onde ela quer estar”, pontuou a presidente do Fundo Social de Solidariedade.

Para o secretário Farid, “Um Show de Mulher”, é a mistura de grandes talentos femininos da música que, no seu dia, representam toda a luta e a garra das mulheres registradas ao longo dos anos. “É uma festa, um show, uma noite de gala, mas também uma celebração do protagonismo da mulher, pois essa é a luta de todos nós, homens e mulheres, que buscamos uma sociedade mais igual e humana”, completou.

Durante o evento, dados e informações sobre as lutas diárias das mulheres foram comentadas, além da divulgação do “Ligue 180”, a central de atendimento à mulher vítima de violência. O espetáculo atingiu seu ápice quando todas as participantes, numa surpresa, se juntaram em uma só voz e cantaram “Maria, Maria”, de Milton Nascimento.

Um Show de Mulher contou ainda com a apropriada intervenção de clown feita pela artista Katina Souza, com sua personagem Edufina. Brindes foram sorteados às mulheres da plateia, doados pela Mascavo Fotografia e Boutique Lu Prado. Também prestigiaram a atividade a presidente do Centro de Promoção Social Municipal (Ceprosom), Aucélia Damaceno, e o secretário de Comunicação Social, Antonio Peres.

ELAS GOSTARAM

Todas as cantoras aprovaram a iniciativa da Prefeitura e destacaram sua importância, tanto para a causa das mulheres quanto para o campo profissional, no sentido de contarem com esse espaço na programação cultural limeirense.
July Guerrero comentou sobre a energia positiva do evento, a sensação de exclusividade e a participação de mulheres limeirenses talentosas no projeto. Ela reforçou ainda a importância da ocasião para a conscientização, por meio da arte. “O mais importante foi a mensagem que o evento passou. Inclusive, citei um comentário do Mário Sérgio Cortela, que diz que as mulheres não querem o contrário do machismo, que é a submissão. Buscamos a igualdade, o equilíbrio, queremos caminhar juntas e lembrar que nossa luta é diária. Lembrar com arte”.
“Um Show de Mulher foi uma explosão de alegria que somou muito para toda a cidade. A cultura só tem de acrescentar coisas positivas na vida das pessoas”, acrescentou Luciana Dias, integrante das bandas “Ela e Nós Dois” e “Tríade”.
As mulheres que participaram do evento foram Alinne Adorno, Banda Souela, Ela e Nós Dois, July Guerrero, Maísa Lima, Marina Oehlmeyer e banda Na Veia, Pinked, Raquel Rochia e banda, Sueli Bobice e grupo Tríade. “Foi mágico, ainda estou emocionada. Que venham mais espetáculos como esse”, comentou a cantora Maísa Lima.

Fonte: Emcea.
JC Limeira - Todos os direitos reservados 2016 | Desenvolvido por FMTurati WebDesign