Tite diz que trocaria título mundial pela vida de torcedor boliviano

titeeO  técnico Tite demorou muito a aparecer para conceder entrevista coletiva após o empate por 1 a 1 com o San Jose, nesta quarta-feira, em Oruro. O motivo foi a morte de um torcedor de apenas 14 anos, vítima de um sinalizador atirado do setor onde estava a torcida do Corinthians no Estádio Jesús Bermúdez.

“Não se vence a qualquer custo. O esporte tem outro sentido. Desculpem-me. Sei que o que vou dizer não vai tirar a dor de ninguém. Estamos muito sentidos. Eu trocaria o meu título mundial pela vida do menino”, disse Tite, emocionado.

Nove torcedores do Corinthians foram detidos por causa da tragédia. Dirigentes do clube foram hostilizados por torcedores do San José durante a partida e precisaram se recolher no vestiário. No final do jogo, o público brasileiro foi chamado de “assassino”.

Tite não queria nem sequer dar entrevistas depois da partida. “Sei da minha responsabilidade de estar aqui. É preciso ser muito forte espiritualmente para falar neste momento”, declarou o treinador.

Jovem morto em jogo do Corinthians era fã de Kaká

e gostava do Boca

kevinbeltranfacebookO perfil de Kevin Douglas Beltran Espada, jovem de 14 anos que morreu no empate entre Corinthians e San José, por 1 a 1, no Facebookmostra um garoto aficcionado por futebol. Com diversos torcedores do clube de Oruro como amigos, o jovem se mostra um fã fervoroso da equipe boliviana, tendo diversas fotos com o escudo do time e da torcida Temible, espécie de organizada do San José.

Kevin Douglas simpatiza também com outros dois times de fora da Bolívia: o Boca Juniors, que ano passado acabou derrotado pelo Corinthians na final da Libertadores, e o espanhol Real Madrid. Mostrando o apreço pelo time madrilenho, o garoto se dizia fã de dois jogadores da equipe: o brasileiro Kaká e o goleiro Iker Casillas.

JC Limeira - Todos os direitos reservados 2016 | Desenvolvido por FMTurati WebDesign