Seminário: Olhares da Gestão Cultural – Gestores e Públicos

oc_convitevirtual_final2227 de junho
O seminário “Olhares da Gestão Cultural” promove uma série de diálogos com pensadores e pesquisadores ligados ao tema. Ao trazer diferentes visões de profissionais conceituados, o seminário procura contribuir para o desenvolvimento da reflexão sobre o assunto e para o estímulo das ações criativas na região. “Olhares da Gestão Cultural” é uma realização das Oficinas Culturais, Poiesis e Secretaria de Estado da Cultura, com a parceria da Secretaria Municipal de Cultura de Limeira
 
Programa:
9h: Credenciamento
 
9h10: Quarteto de Cordas da Orquestra Sinfônica de Limeira
 
9h30: Abertura com Glaucia R. Bilatto de Oliveira (Secretária Municipal de Cultura) e Raul Christiano (diretor das Oficinas Culturais do Estado de São Paulo)
 
9h45 às 12h30
Mesa 1: Formação de público: Leitura e Literatura / Susana Ventura
Mesa 2: Formação de espectadores para as artes do espetáculo / Aimar Labaki
Mediação: Marília Bonas
 
Susana Ventura é doutora pela USP em Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa. Realizou trabalhos em diferentes universidades brasileiras, portuguesas e francesas e atuou ao lado de atores, músicos, grafiteiros, artistas plásticos e videoartistas em atividades que buscam levar a literatura a um grande número de pessoas. Foi consultora do Programa Mais Cultura do MinC (formação de bibliotecas) e curadora da exposição “Linguaviagem” (Itamaraty / Museu da Língua Portuguesa).
 
Aimar Labaki desenvolve dupla carreira: por um lado, como dramaturgo, diretor e tradutor de teatro e roteirista de TV e cinema; por outro, como crítico, curador, consultor e ensaísta na área de artes cênicas. É autor dos livros “José Celso Martinez Corrêa” e “Stanislavski: Vida, Obra e Sistema” (este em coautoria com Elena Vássina), e de ensaios incluídos em vários volumes. Foi jurado do Prêmio Shell por 17 anos e assessor do Secretário de Estado da Cultura, Fernando Morais (1989-1990), quando criou o projeto “Didática da Encenação”; coordenou a Oficina Cultural Amácio Mazzaropi. Recentemente ministrou curso no Instituto de Estudos da Linguagem da Unicamp, como bolsista do Programa Professor Especialista Visitante.
 
Marília Bonas é historiadora, especialista em Museologia pela Universidade de São Paulo (USP) e mestre em Museologia Social pela Universidade Lusófona de Lisboa. Atua há 15 anos nas áreas de pesquisa, documentação museológica e gestão cultural. Atualmente é diretora executiva e técnica do Instituto de Preservação e Difusão da História do Café e da Imigração, Organização Social que dirige o Museu do Café (Santos) e o Museu da Imigração (São Paulo).
 
14h às 17h
Mesa 3: Gestão Pública de Cultura / Maria Alice Gouveia
Mesa 4: ProAC: ICMS e Editais – como utilizar? / Aldo Valentim
Mediação: Marília Bonas
 
Maria Alice Gouveia possui vasta experiência nas áreas de empreendedorismo cultural e de políticas públicas para a cultura: coordenou o curso de pós-graduação em Administração da Cultura da FGV, trabalhou nas Secretarias Estadual e Municipal de Cultura de São Paulo, foi diretora de Cultura de Bragança Paulista e atuou como assessora para cursos sobre leis de incentivos do Ministério da Cultura.
 
Aldo Valentim é consultor e pesquisador em gestão e políticas públicas. É gerente do Programa de Qualificação em Artes, mestre em artes pela UNICAMP e mestrando em politicas públicas na FGV – SP. Atualmente é coordenador da Pós-Graduação em Gestão Cultural do Centro Universitário SENAC – SP e Coordenador da Unidade de Fomento à Cultura da Secretaria de Estado da Cultura.
 
Serviço
OLHARES DA GESTÃO CULTURAL – GESTORES E PÚBLICOS
27/6 – segunda-feira – 9h às 17h
Local: Teatro Nair Bello: Rua Farmacêutico Jacob Fanelli, s/nº (Parque da Cidade) – Vila São João – Limeira
 
JC Limeira - Todos os direitos reservados 2016 | Desenvolvido por FMTurati WebDesign