Iniciada obra na ETA para prevenir paralisação no abastecimento

Após 15 dias de ocorrência que ocasionou falta de água em Limeira, Foz inicia implantação de tubulação paralela na estação

IMG_0216aA concessionária Foz iniciou essa semana a obra de melhoria na Estação de Tratamento de Água (ETA) para a implantação da tubulação paralela à existente, que sofreu rachadura no dia 30 de julho. A proposta da nova linha é criar uma segunda tubulação, diminuindo as chances de interrupção no processo de tratamento de água, pois atualmente, conforme projeto original da ETA, construída na década de 60, o sistema conta com apenas um canal de recebimento de água bruta.

A obra seguiu no final de semana com a implantação de uma caixa em aço carbono que formará uma coluna de água paralela à existente. Também será implantada uma nova rede após a passagem da água bruta. Serão 80 metros de tubulação em ferro fundido com 1 metro de diâmetro e uma nova válvula para controle da vazão. A previsão de término da obra é de aproximadamente 10 dias.

O diretor da Foz, Tadeu Ramos Sarro, explica que com o canal paralelo de recebimento de água bruta, em uma situação emergencial como a que ocorreu no final de julho com o rompimento de uma tubulação, o outro canal continuará recebendo água, o que garante a continuidade do abastecimento. “O objetivo dessa melhoria é prevenir uma parada geral no sistema de tratamento de água e garantir o funcionamento mesmo que não seja pleno”, reforça.

No período de 15 dias do rompimento da tubulação, a concessionária se mobilizou para a compra dos materiais e equipamentos, como caixa metálica, tubulação e válvula, para agilizar a implantação da nova tubulação. Os materiais já se encontram na estação para implantação.

A melhoria faz parte de uma ação preventiva para evitar o desabastecimento em situações emergenciais, porém toda a estação está passando por um processo de ampliação e modernização, iniciado no ano passado, a ser concluído nos próximos anos. A opção pela implantação da galeria paralela foi avaliada junto ao Poder Concedente e órgão fiscalizador, sendo a alternativa ideal para garantir o abastecimento até que toda a estação seja remodelada.

A concessionária identificou a necessidade e irá propor a antecipação de investimentos no sistema de abastecimento, principalmente na ETA, com o objetivo de garantir a manutenção da atual regularidade do abastecimento para os próximos anos. O saneamento, como qualquer outro sistema de infraestrutura, necessita de investimentos constantes, tanto para manter a demanda atual, quanto atender a futura. “Esta tem sido a forma com que a Foz trabalha em Limeira e que garante o acesso à água de qualidade e esgoto tratado a toda a população”, afirma Sarro.

 Crédito: Assessoria de Comunicação Foz.

JC Limeira - Todos os direitos reservados 2016 | Desenvolvido por FMTurati WebDesign