Harald lança Linha Melken Unique em barras

haraldSucesso no segmento de food service, coleção de chocolates gourmet tem nova versão para atender o consumidor final
O sucesso da linha Harald Melken Unique, relançada há um ano para o segmento de food service, incentivou a Harald a produzir os chocolates gourmet da marca em barras de 80g para atender o consumidor final que busca cada vez mais produtos de qualidade e também novas opções para presentear amigos e familiares.

Composta por Chocolate Amargo 53% – M. Libânio – Bahia, Chocolate Amargo 63% – João Tavares – Bahia, Chocolate Amargo 70% – Amazônia – Região Transamazônica e Baixo Xingu e Chocolate ao Leite 35% – Brasil, a linha Harald Melken Unique é elaborada com cacau fino de origem 100% brasileira.
A coleção reúne os mais sofisticados chocolates produzidos no Brasil, onde a Harald é a única empresa nacional a utilizar o cacau fino de origem com chancela de procedência declarada na embalagem, o que garante a origem de um chocolate superior, levando em conta sua localização geográfica, qualidade do solo, as fontes de água, forma de cultivo e o processamento dos grãos de cacau.
Os produtos da Linha Harald Melken Unique foram criados para valorizar o cacau brasileiro e difundir o conceito de Chocolate Gourmet no País, trazendo para o nosso mercado o mesmo padrão dos chocolates europeus, só que produzidos com matérias-primas de fazendas da Bahia e da região amazônica do Pará.
“É um sonho realizado fazer chocolate de alta qualidade com produtos do nosso próprio País. O segredo do bom chocolate reside no cacau e, como brasileiro, pensei que tínhamos que valorizar o cacau daqui e passamos a buscar pessoas que faziam um bom chocolate como os produtores João Tavares e M. Libânio Agrícola, da Bahia e da região amazônica do Pará”, declara Ernesto Ary Neugebauer, presidente da Harald.
O executivo acrescenta que a companhia já tem a ISO 22.00 Food Safety, por isso possui a rastreabilidade do sistema, o que significa que a empresa conhece a origem de toda sua matéria-prima. “Sabemos o DNA de produção, já que tudo é mapeado, ou seja, sabemos de onde vem o açúcar, qual é o lote do fornecedor, etc. Cada vez mais as pessoas no mercado de chocolate fino querem saber de onde vêm os produtos que estão consumindo e nós já temos todo esse processo de rastreabilidade estabelecido”, acrescenta.
DIFERENCIAIS DA LINHA HARALD MELKEN UNIQUE

 

JC Limeira - Todos os direitos reservados 2016 | Desenvolvido por FMTurati WebDesign