Hadich anuncia novidades para a Segurança Pública

Foto Adilson Silveira (18)A Guarda Civil Municipal de Limeira recebeu das mãos do prefeito Paulo Hadich 50 armas de choque não letais, em entrevista coletiva à imprensa realizada na manhã de terça-feira, 19 de maio. O equipamento foi adquirido por meio de convênio com o Ministério da Justiça, pelo programa Crack é Possível Vencer, e não acarretou em ônus ao município, que forneceu treinamento adequado aos agentes que portarão o material. Também foi anunciada a convocação de 20 novos agentes que passarão a integrar o efetivo da GCM.Na oportunidade, o secretário de Segurança Pública e Defesa Civil, Maurício Queiroz, mostrou os dados positivos que a pasta vem apresentando, principalmente após a implantação do sistema de monitoramento Muralha Digital, em setembro de 2014. “Tivemos melhora significativa em todos os indicadores, o que já justifica o nosso investimento”, disse. O secretário falou ainda que o trabalho integrado com as polícias Civil e Militar contribui com a queda na criminalidade.Hadich citou as ações realizadas para que a GCM tenha atuação mais efetiva, como a gratuidade do 153 e o aluguel de viaturas – que garante a frota sempre em boas condições. Ele ainda ressaltou que esse resultado é um incentivo para continuar melhorando a segurança na cidade. “Os dados mostram que estamos no caminho certo e que podemos fazer muito mais”, afirmou.

Dados
Um exemplo da ampliação da atuação da GCM é a quantidade de Boletins de Ocorrência lavrados: em 2013, foram 931 enquanto em 2014 foram 1.551, o que representa um aumento de 66%. “Isso é serviço prestado à população”, frisa Queiroz.
Outro número expressivo é a quantidade de apreensões, já que em 2013 foram apreendidos 79 kg de drogas (maconha, crack e cocaína), contra 553 kg em 2014, uma diferença de 600%. “Em valores estimados, nós tiramos das mãos de traficantes mais de 12 milhões de reais”, destacou o secretário. A apreensão de armas dobrou: 11 em 2013 e 22 em 2014. Já a apreensão de dinheiro aumentou 162% – R$ 38.324 em 2013 e R$ 100.413 em 2014. Também foram realizados recolhimentos de caça-níqueis. Em 2013, foram 124 máquinas, contra 192 em 2014, uma diferença de 54,84%.
Também merece destaque a quantidade de pessoas presas, que passou de 381 em 2013 (224 maiores e 157 menores de 18 anos) para 514 (340 maiores e 174 menores de 18 anos) em 2014. Em 2013, foram 297 flagrantes e apreensão de adolescentes e 213 flagrantes e ato infracional por tráfico de drogas, números que cresceram no ano seguinte: 431 e 264, respectivamente.
O secretário também apresentou dados referentes aos oito últimos meses, desde a implantação do sistema de monitoramento Muralha Digital, em setembro. Foram 318 roubos de veículos, contra 390 no mesmo período, entre 2013 e 2014. Foram registrados 704 furto de veículos, enquanto entre 2013 e 2014 ocorreram 1.153. No período, foram cinco homicídios dolosos, contra 15 entre 2014 e 2015. Não houve nenhum latrocínio, enquanto em 2013-2014 aconteceram dois.

Fotos: Adilson Silveira

JC Limeira - Todos os direitos reservados 2016 | Desenvolvido por FMTurati WebDesign