Foz do Brasil apoia campanha de combate à dengue em ações com a comunidade e funcionários

 Todo mês cerca de 6 mil clientes passam pela concessionária, público que será atendido na campanha  

Doramy Bocutti Forner-1Entendendo que para evitar a transmissão e contaminação da dengue é preciso adotar medidas simples que envolvem, principalmente, cuidados com a água, a concessionária Foz do Brasil, em apoio ao Ministério da Saúde, deu início nesta quarta-feira, 20 de fevereiro à campanha de conscientização “Dengue: é fácil combater. Só não pode esquecer”.   A campanha é concebida pelo Ministério da Saúde e está sendo replicada em diversos municípios onde a Foz tem atuação. Em Limeira é realizada pela Secretaria Municipal da Saúde e Vigilância Epidemiológica e conta com a participação da Foz para intensificar as ações de combate, prevenção e controle do mosquito transmissor Aedes aegypti, que nos últimos anos têm mobilizado os organismos de saúde pública.  Tadeu Ramos Sarro, diretor da Foz, explica que a concessionária atuará enquanto multiplicadora da campanha e para isso colocará à disposição dos clientes de água e esgoto informações de prevenção para fortalecer o trabalho já realizado pelo município de conscientização e sensibilização da população. “Como operadora do sistema de água e esgoto de Limeira, a Foz aderiu à campanha para unir forças na multiplicação das informações à comunidade e contribuir na prevenção da doença”, destaca o diretor.  Ações de Mobilização   Para as ações voltadas à comunidade, o cliente que passar pela concessionária nos próximos meses terá acesso à informação nos banners expostos no SAC e a folhetos com orientações, como por exemplo, manter a caixa d’água fechada e ter atenção às vasilhas com água parada. Por mês, a concessionária recebe em média 6 mil pessoas em seu atendimento e a expectativa é de que a totalidade receba a informação. Já o cliente que não faz uso do atendimento presencial receberá as informações por meio de mensagens veiculadas na fatura da água.     Uma das primeiras clientes a receber o material da campanha no atendimento da Foz, Doramy Bocutti Forner, 80 anos, moradora do Jd. Nova Itália, parabenizou a parceria e ainda deu dicas de prevenção. “Em casa tenho muitas plantas, mas em nenhum deles tem água parada”, relata.   Além das ações externas com a população, a concessionária divulgará a campanha a seus integrantes com o intuito de despertá-los para a questão. Com isso, poderão identificar no convívio familiar e social os possíveis focos de contaminação. Serão distribuídos cartazes nas Estações de Tratamento de Água e Esgoto para que os integrantes se envolvam e participem no apoio a campanha, uma vez que a incidência da dengue tem relação direta com a questão da água e, principalmente, com as condições de saneamento.    Durante reunião que definiu as ações da campanha, o secretário da Saúde de Limeira, Raul Nilsen Filho, considerou a importância da Foz na multiplicação das informações. “A dengue é um problema sério, principalmente nessa época de temperatura quente e períodos de chuva e a parceria com a Foz reforçará nossas ações de combate”, cita.  Segundo dados da Secretaria Municipal da Saúde, em 2013 já foram detectados 18 casos da doença em Limeira. O secretário ponderou sobre as responsabilidades do cidadão e do Poder Público como solução para a epidemia. “Atuaremos em conjunto com outros órgãos públicos, como: rede de Educação, Meio Ambiente e Limpeza Pública e agiremos em todas as áreas públicas, mantendo-as limpas. No entanto, pedimos à população que cuide das áreas residenciais para eliminar os possíveis vetores”, conclui.     Para auxiliar na divulgação desse tema os integrantes da Foz que atuarão como multiplicadores de informações receberam uma palestra ministrada pela tecnóloga em Saneamento Ambiental do Centro de Controle de Zoonozes, Marli Moreira de Souza.  Com duração de uma hora, a palestra aconteceu nesta terça-feira, 19 de fevereiro, no auditório da concessionária.

JC Limeira - Todos os direitos reservados 2016 | Desenvolvido por FMTurati WebDesign