Felipão e Parreira estão de volta a Seleção Brasileira

Felipão não fez absolutamente nada em dez anos, a não ser ganhar muito dinheiro.

Vivendo de passado, CBF anuncia treinador que nestes 10 anos perdeu a Eurocopa com Portugal, não fez nada no Chelsea e levou o Palmeiras para a segunda divisão.  Felipão não fez absolutamente nada em dez anos, a não ser ganhar muito dinheiro.

 

Em uma medida desesperada para conseguir fazer com que a Seleção Brasileira entre nos trilhos, a CBF anunciou o novo treinador da Seleção Brasileira. Luiz Felipe Scolari, o Felipão e Carlos Alberto Parreira como coordenador técnico. A estréia da nova comissão técnica do Brasil será no dia 6 de fevereiro, em um amistoso contra a Inglaterra, no estádio de Wembley, em Londres. Além de ter sido o último campeão mundial com a Seleção, de ter a experiência que alguns alegam ser essencial e, principalmente por estar desempregado ele foi o escolhido.
Claro, que cada um tem suas preferências e rejeições, porém, a escolha do Felipão é um retrocesso! Sim, ele é um treinador vitorioso, de respeito e merece todo o seu reconhecimento, no entanto, desde a sua conquista do penta, o que ele fez para merecer dirigir novamente a Seleção?

Em 10 anos
Nos últimos 10 anos, desde a Copa de 2002, Felipão foi ser o treinador da Seleção de Portugal. Lá chegou a uma inédita decisão da Eurocopa, onde perdeu em casa para a modesta Seleção da Grécia! Vale lembrar que, Felipão tinha na sua equipe jogadores como: Deco, Figo e Cristiano Ronaldo.
Na Eurocopa de 2008 foi eliminado nas quartas de final para a Alemanha. Saiu de Portugal e foi dirigir o Chelsea. No clube inglês não ficou por muito tempo devido a um problema de relacionamento com algumas estrelas do time. Para sair um pouco do foco, Felipão foi trabalhar no desconhecido Bunyodkor no distante Uzbequistão, onde lá se sagrou campeão. Com certeza colocaram um homem-bomba na vestiário do rival.
Em Junho de 2010 voltou ao Palmeiras para alegria geral da torcida, afinal, Felipão está para os palmeirenses o mesmo que o Telê para os sãopaulinos, ou seja: ídolo! Porém, nesses poucos mais de dois anos, o treinador não teve o mesmo sucesso que na sua última passagem pelo clube na época da Parmalat!
Perdeu uma semifinal de Sul-Americana em pleno Pacaembu para o rebaixado Goiás de virada. Sofreu uma humilhante goleada do Coritiba por 6 a 0 na Copa do Brasil do ano passado. Foi eliminado pelo Guarani no Paulistão desse ano. Teve problemas de relacionamento com o elenco, mas mesmo assim, conseguiu conquistar a Copa do Brasil de 2012. Vale lembrar que o torneio é patrocinado pela Kia, mesmo patrocinador do Palmeiras. Porém, teve uma grande participação também no rebaixamento do time para a Série B!
Como prêmio por tudo isso, Felipão é escolhido para ser novamente o treinador da Seleção Brasileira. E assim como na sua primeira passagem pelo Palmeiras, onde trabalhou com um elenco de muita qualidade, na Copa de 2002, ele também contava com uma equipe recheada de grandes jogadores, como por exemplo: Marcos, Cafu, Roberto Carlos, Ronaldo, Rivaldo, Ronaldinho Gaúcho, entre outros… Pois é, mas agora a situação é bem diferente!
Viver do passado
A escolha de Felipão é uma tremenda jogada política da dupla dinâmica da CBF José Maria Marin e Marco Polo Del Nero. Nunca um técnico campeão do mundo com o Brasil voltou ao cargo e faturou o bi. Vicente Feóla ganhou a Copa de 1958 e, depois, fracassou em 1966, na Inglaterra. O velho Lobo Zagallo festejou em 1970, no México, e quatro anos depois foi humilhado pela Holanda na Alemanha. E levou bucha em 1998, na França. Parreira também foi nocauteado pelo tabu. Campeão em 1994, nos EUA, ele naufragou com um time de estrelas baladeiras em 2006, na Alemanha.
Nada ousado e nem a certeza de sucesso. Enfim, Felipão com certeza merece muito respeito, no entanto, cada um tem a sua opnião e pelo seu retrospecto nesses últimos dez anos, acredito que o momento do Muricy Ramalho é infinitamente melhor do que o do Felipão.
Infelizmente vamos viver do passado e de ilusões. Voltamos a viver como há dez anos atrás!!

 

Por Fábio Módolo

jcesportes@terra.com.br

JC Limeira - Todos os direitos reservados 2016 | Desenvolvido por FMTurati WebDesign