Ceprosom e Senac certificam 150 adolescentes para mercado de trabalho

A formatura dos alunos do programa Educação Para o Trabalho, promovido pelo Ceprosom (Centro de Promoção Social Municipal), em parceria com o Senac de Limeira, aconteceu na última quarta-feira, 19 de novembro, no clube Gran São João. Ao todo, 150 alunos receberam o certificado de conclusão.
O vice-prefeito Antonio Carlos Lima destacou que a parceria do poder público com o Senac tem rendido ótimos frutos. Segundo Lima, pela ótima localização da cidade de Limeira, muitos empresários procuram a cidade para instalar suas empresas, mas para isso buscam mão de obra especializada. “Devemos prover educação e conhecimento para que esses jovens possam se qualificar para o mercado de trabalho, que hoje em dia é muito competitivo”, disse.
Ana Maria Sampaio, presidente do Ceprosom, ressaltou a importância da família nessa fase da vida do adolescente. “É muito bom poder ver a família presente e incentivando os jovens a encontrarem um caminho melhor. A vida de formação acabou de começar para eles, esse é um início de muitas conquistas que vem pelo caminho”, afirmou.
O gerente do Senac, Mario Augusto dos Reis, destacou o compromisso do poder público com o desenvolvimento da cidade. “Limeira já é consagrada como uma cidade em que o poder público valoriza a formação dos jovens. Plantamos uma semente de cidadania através dessa parceria”, falou.
A cerimônia também contou com a presença do assessor executivo da autarquia, Almiro Francisco de Almeida, e da assessora de Proteção Social Básica, Sônia Bovi.
Com um conteúdo voltado para o desenvolvimento integral do adolescente, o programa Educação Para o Trabalho tem duração de 330 horas e aborda vivências do mercado de trabalho e convivência social. As aulas foram ministradas nos Centros Comunitários da cidade e também na Biblioteca Comunitária do Jardim Vista Alegre.
Maria José de Lima e Josué Correa da Costa, pais da formanda Daiane Lima Costa, 16 anos, elogiaram a qualidade do curso. “Achamos a ideia do programa muito interessante. É essencial para o desenvolvimento do adolescente e para prepará-lo para as dificuldades do mercado de trabalho”, disse Josué.
Além dos aprendizados teóricos, Bruna Gomes, 16 anos, destacou as amizades conquistadas entre alunos e professores como um ponto alto do curso. “Compartilhamos muitas experiências e aprendemos juntos. Nossos méritos aqui se devem aos professores e também aos nossos pais que nos incentivaram a valorizar essa oportunidade”.
Crédito imagens: Eduardo Zamzirolamo.

JC Limeira - Todos os direitos reservados 2016 | Desenvolvido por FMTurati WebDesign